Uma alimentação diária perfeita: dicas para a parte da tarde

Algumas dicas para você se alimentar e sentir-se bem o dia todo.

1174376 SXC Uma alimentação diária perfeita: dicas para a parte da tardeAbaixo mais algumas recomendações dadas por Rita Goulart – docente da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e  especialista em Nutrição pediátrica – e que podem ajudar nesse “dia de alimentação perfeita”. Lembrando que um “dia perfeito”, quando se fala de alimentação, não é sinônimo de comer a mesma coisa sempre. Use essas dicas para fazer combinações que pareçam apetitosas para você.

 

• A partir das 13h: almoço.

Faça uma salada colorida. Quanto mais colorida, mais variadas as características. As folhas verde-escuras são ricas em ferro; as verde-claras são ótimas fontes de vitamina A e C, por exemplo.

Misture também tomates, cenouras, pimentões, beterraba e legumes diversos para fazer uma boa mistura de vitaminas, minerais e antioxidantes. Uma colher ou duas de azeite de oliva sobre tudo isso também é ótimo, pois algumas vitaminas – como a A, D, E e K – são solúveis apenas em óleo.

Agora a proteína: carnes magras, peixes, frango grelhado ou mesmo fatias de peito de peru fatiado. Feijão, lentilha e soja também não devem faltar (e se você é vegetariano, o ideal é ter de sobra isso no prato).

E uma boa dica: se você acha que está faltando algo, uma pequena fatia de pão integral pode ajudar a preencher aquele espacinho vazio que você pode sentir no estômago. Mas lembre-se, só isso vai adicionar ao menos 100 calorias no prato.

Faça as contas: o ideal é consumir entre 400 e 500 calorias no almoço.

14h: água e movimentação.

Isso vai ajudá-lo a escolher melhor o que comer às 16h. Se você não saiu para almoçar – foi apenas ao refeitório, por exemplo – é hora de tomar um pouco de ar fresco e melhorar o humor: um mau humor nesse horário pode ser a desculpa para ir comer um chocolate. Resista. Vá até a padaria e compre um chá gelado diet, que tal? Mas veja se as calorias valem a pena. Se não valerem, volte e reclame que não achou o que queria.

 

• Entre 15h30 e 16h: lanche da tarde

Bem-vindo ao clube do lanchinho da tarde. Não, você não é um ser do outro mundo: a grande maioria das pessoas sente alguma fome entre o almoço e o jantar.

Então é hora da dobradinha fibra + proteína. Um iogurte normal (o açúcar do leite ajuda a diminuir a sensação de fome) e uma boa porção de granola devem dar conta. Uma banana pode complementar e alguns amendoins são o toque final. E se quiser fazer algo “impensável”, faça: mas o chocolate ideal para você é aquele do tipo amargo (Ex: com 70% de cacau). Além de menos açúcar, esse tipo de chocolate é rico em polifenóis, um antioxidante que ajuda a manter a pressão sobre controle, o cérebro afiado, além de algumas outras vantagens.

Dica: você pode fazer um almoço mais leve e um lanche da tarde mais pesado. Talvez isso seja interessante para quebrar a monotonia de vez em quando. E se você vai para a academia depois, é interessante fazer esse lanche em duas partes ou esperar mais uma hora para fazê-lo.

Hora da continha básica: 150 a 250 calorias é o seu limite.

2010 / 2016 - Laboratório central | Todos os direitos reservados - SAC 37 3222-7700