Dicas de livros infantis sobre desfraldamento

Anote algumas sugestões que podem ajudá-los nesse processo de desenvolvimento da criança

dicas de livros sobre desfraldamento

O momento do desfralde e a maneira como ele ocorre varia muito de criança para criança e de família para família. Entre os 18 e 30 meses, a maioria das crianças começa a controlar os esfíncteres, músculos responsáveis pela expulsão das fezes e da urina. Nesse mesmo período, os pequenos adquirem habilidades corporais fundamentais para o processo de desfraldamento, como ficar de cócoras, cruzar as pernas, subir e descer escada, sentar sozinho no penico/vaso sanitário (com ou sem auxílio de um banquinho) e tirar a própria roupa (considerando aquelas que são fáceis de serem tiradas, como as que têm elástico na cintura, sem zíper ou botões).


Permanecer com as fraldas diurnas secas por mais de 1-2 horas, sinalizar que fará ou está fazendo xixi ou cocô (mesmo que ambos ainda sejam confundidos), entender ordens simples como “Vamos ao banheiro” e se interessar por assuntos relacionados à micção e à evacuação (querer imitar adultos ou crianças mais velhas no uso do vaso sanitário, colocar boneca para fazer xixi, querer usar calcinha/cueca, etc.) também são indicadores da maturidade da criança para o treino esfincteriano.

Tirar a fralda e usar o peniquinho ou vaso sanitário pode ficar mais fácil – ou ao menos divertido – com a leitura e o manuseio de livros que abordam o tema. Embora nosso mercado editorial tenha poucas ofertas, destaco três muito bons:

livro 1

O que tem dentro da sua fralda? / Guido Van Genecheten. São Paulo: Brinque-Book, 2012.

livro 2

Cocô no trono / Benoit Charlat. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2006.

livro 3

Cadê meu penico? / Mij Kelly; ilustrações de Mary Mc Quillan. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2012.

Quando o interesse pelo tema cocô é grande, vale incluir na biblioteca:

livro 4

Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela / Werner Holzwarth; ilustrações de Wolf Erlbrunch. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2009.

livro 5

O pombo fez cocô! / Elizabeth Baguley; ilustrações de Mark Chambers. São Paulo: Globo, 2012.

Embora os livros ajudem muito nesse processo, é fundamental que a criança não se sinta cobrada nessa aprendizagem. O controle dos esfíncteres é o primeiro controle efetivo da criança, o que pode tanto facilitar quanto dificultar o treino. Por isso, quem participa desse processo (família, babá, escola), precisa ter disponibilidade física e emocional para dar suporte ao ritmo de cada criança. Afinal, de antemão, nunca saberemos como ela responderá à retirada das fraldas.

Por Patrícia Leekninh Paione Grinfeld – Psicóloga

2010 / 2016 - Laboratório central | Todos os direitos reservados - SAC 37 3222-7700