DIA MUNDIAL DO RIM: “SEUS RINS ESTÃO BEM?

No dia 13 de março, comemora-se o DIA MUNDIAL DO RIM. Por que a campanha?

 Para aumentar o conhecimento das pessoas sobre doença renal crônica e a importância da prevenção.

 Quase 1 milhão de brasileiros têm problemas renais e 70% deles não sabem disso, sendo que 25 mil brasileiros inicam

programa de diálise a cada ano e somente 3 mil são transplantados por ano no Brasil. O que mais preocupa os nefrologistas

é que o indivíduo pode ter a doença renal e não apresentar sinais ou sintomas. Sendo  os grupos de maior risco para o

desenvolvimento de doenças dos rins: hipertensos, diabéticos e pacientes portadores de algumas doenças dos rins.

Conhecer as características e o funcionamento dos rins é importante para evitar, detectar e tratar as doenças renais.

  1. Os rins são responsáveis por:
  • Eliminação de toxinas,“sujeiras do sangue”;
  • Produção de glóbulos vermelhos (sangue) e formação de ossos;
  • Regulação de pressão arterial ;
  • Controle de balanço de cálcio, potássio, sódio entre outros e de líquidos do corpo.

 

  1. O que você pode sentir quando está com doença nos rins?
  • Dor ou ardor quando estiver urinando;
  • Passar a urinar toda hora;
  • Levantar mais de uma vez à noite para urinar;
  • Inchaço dos tornozelos e ao redor dos olhos ;
  • Dor lombar;
  • Anemia (palidez anormal);
  • Fraqueza e desânimo constantes;
  • Náuseas e vômitos freqüentes pela manhã. 
  • Alteração na cor da urina (fica escura ou sanguinolenta ou muito clara e abundante);

 

OBS:  Lembre-se que os rins são como um filtro de sua casa, ou seja, se suas velas forem danificadas e a torneira não,

a água sai muito bem, porém, a função do filtro encontra-se inadequada. Assim sendo, urinar bem nem sempre significa

rins sadios!!

Caso você tenha alguma das alterações listadas acima é recomendado que você procure o seu médico de confiança

para que este faça uma investigação para afastar a presença de uma possível doença renal.

Citamos abaixo dois exames simples e baratos que com freqüência fornecem muita informação ao seu médico sobre o

seu rim:

1- Pesquisa de elementos anormais e sedimento urinário (EAS) também conhecido como “sumário de urina”:  consiste

em um exame de urina de suma importância na prática clínica e de fácil execução.

2- Determinação da creatinina:  a creatinina consiste em uma substância armazenada nos músculos que é liberada no

sangue. O rim é o principal órgão responsável pela sua eliminação e, por esta razão, sua elevação no exame laboratorial

(sangue) representa uma diminuição de sua função. Além desta importância, é possível estimar a taxa de filtração dos

rins através deste exame.

OBS: Os rins têm milhões de filtros que socorrem uns aos outros. Esta capacidade de socorro só é perdida quando 50%

ou mais destes filtros estão comprometidos. Somente a partir deste momento a creatinina começa a se elevar no sangue.

Ou seja, nem sempre uma creatinina dentro dos limites da normalidade indica ausência de doença renal.

O DIAGNÓSTICO PRECOCE da doença renal pode interromper ou retardar uma possível perda da função renal!

 

A CONSULTA REGULAR AO SEU MÉDICO É IMPORTANTE NA PREVENÇÃO DA DOENÇA RENAL E DE OUTRAS

PATOLOGIAS!

Para maiores informações sobre a campanha do “dia mundial do rim” consultar o site: www.sbn.org.br/previna.htm

2010 / 2016 - Laboratório central | Todos os direitos reservados - SAC 37 3222-7700